Contador de visitas

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

MAIS DENÚNCIAS DE ROUBALHEIRAS NA SECOM DE SILVAL
Ao desembolsar R$ 37.781116,71 milhões de dinheiro público, em apenas 7 meses deste ano, o secretário estadual de Comunicação, jornalista Marcos Lemos, determinou a suspensão imediata de todos os pagamentos aos setores gráfico e publicitário de Mato Grosso. A decisão foi tomada após o portal ODOC e a TV Cuiabá, em parceria com auditores independentes, denunciarem um suposto esquema de lavagem de dinheiro público através de “aquisição” de material impresso e gastos com marketing e publicidade no último semestre de 2014.
Desde o último dia 17, quando foi divulgado o primeiro levantamento contábil da Secom-MT, referente aos meses de junho, julho e agosto deste ano, o titular da pasta tratou de suspender as transferências milionárias às agências e gráficas de Cuiabá. Na última semana, acuado com as reportagens de ODOC,  o secretário Marcos Lemos reduziu drasticamente os gastos com comunicação: Saindo da cifra dos milhões, a Secom pagou apenas R$ 11.507,74 reais para custear pequenas despesas como energia elétrica, combustível e telefonia.
Durante o trabalho de investigação, os nossos auditores ficaram estarrecidos ao rastrearem transferências exorbitantes, da atual administração Silval Barbosa (PMDB), a agências contratadas em regime de RDC (sem licitação). Só a MERCATTO e TIS LTDA, por exemplo, consumiram apenas no mês de maio R$ 4.224.432,96 e R$ 1.079.883,13 milhão, respectivamente. “Trata-se de uma organização muito bem instalada dentro da Secom do Estado. Lá existe um cérebro que lidera o bando, além, de dividir as tarefas, maquiar relatórios e ocultar a origem dos verdadeiros beneficiários do esquema de desvio de recursos públicos”, garantiu o auditor.
O levantamento de ODOC, que mostra a Secom abastecendo com milhões de reais gráficas a agências de publicidade em Mato Grosso, chamou a atenção de um jornal líder em circulação no Brasil. “Recebemos um telefonema, hoje de manhã, de um renomado jornalista investigativo de São Paulo. Ele ficou impressionado com esta denúncia de possível lavagem de dinheiro público aqui no Estado e quer investigar a fundo o caso”, revelou o diretor de jornalismo e programação da TV Cuiabá, Emílio de Moraes.
Apesar de insistente procura, diante da gravidade dos fatos, o secretário estadual de Comunicação, Marcos Lemos, tem evitado atender as nossas equipes de reportagens do portal ODOC, bem como, da TV Cuiabá. “Só o fato de conseguirmos estancar o derramamento de dinheiro público em um esquema sujo e espúrio, já é uma vitória do bom jornalismo. Tenho certeza que o Ministério Público Estadual, seguindo um histórico de ser o guardião da sociedade mato-grossense, tomará como base nas matérias investigativas para desbaratar um forte grupo que lesa o dinheiro do contribuinte”, finalizou o editor geral de ODOC, jornalista Jorge Maciel. 
GASTOS DA SECOM COM GRÁFICAS E AGÊNCIAS
MARÇO – R$ 2.606.610,10
ABRIL – R$ 6.290.482,72
MAIO – R$ 12.998.567,67
JUNHO – R$ 4.696.186,46
JULHO – R$ 3.562.877,71
AGOSTO – R$ 2.739.589,21
SETEMBRO – R$ 4.886.847,93
TOTAL – 37.781.847,71 (MILHÕES) 

DERRAME DE DINHEIRO SEM PRECEDENTES
Ufabricante de rótulos e materiais para campanhas publicitárias e  eleitorais,agênciasescolhidas através de Regime Diferenciado de Contrato (RDC, ou seja: sem licitação) e duasgráficas de Cuiabá gerenciadas por uma mesma família tragaram em apenas 90 dias R$ 22,8 milhões dos cofres públicos de Mato Grosso.
montanha de dinheiro oriundo de impostos foi distribuída nos meses de março, abril e maio deste ano pela Secretaria Estadual de Comunicação (Secom-MT) na atual gestão do governador Silval Barbosa (PMDB).
Publicitário Marcos Valério, preso ppor operações fraudulentas semelhantes ao aque acontece em Mato Grosso, hoje
Publicitário Marcos Valério, preso ppor operações fraudulentas semelhantes ao aque acontece em Mato Grosso, hoje
O novo levantamento feito pelo ODOC, em parceria com a TV Cuiabá-canal 47, revela um esquema de raspar tudo que se pode do dinheiro do contribuinte, e  que pode ser o maior escândalo de corrupção na comunicação do governo de Mato Grosso.
 A Secom-MT em apenas 9 dias úteis do mês demaio, por exemplo, transferiu para agências de publicidade e duas gráficas da Capital o exato valor de R$ 12.998.567,67 milhões. Nesse curto período de tempo, a Casa d’Ideias Publicidade recebeu do governo do Estado, em nove depósitos bancários, o equivalente a R$ 3.237.013,19 milhões. Já a Mercatto Comunicação, agência contratada em Regime Diferenciado de Contrato (RDC), digeriu o apavorante valor de R$ 4.224.432,96 milhões, em 21 transferências eletrônicas, no mesmo dia ou dia a dia.
Só como comparativo, o valor de aproximados 13 milhões (veja tabela abaixo) gasto pela Secom-MT com gráficas e agências, apenas no mês de maio de 2014, se equivale ao orçamento anual da Secretaria de Comunicação Social da prefeitura de Cuiabá.
_“Trabalho há 30 anos como contador e confesso que nunca vi uma organização tão perfeita como esta que atua na Secom de Mato Grosso”, espantou-se um dos auditores particulares que colaboraram com ODOC nesta investigação.
Além dos valores exorbitantes de pagamentos feitos aos setores de impressão e publicidade pela Secom, nos últimos meses, outro detalhe também chama atenção:  com oculta participação no mercado publicitário de Mato Grosso, a agência TIS LTDA, com sede em Campo Grande-MS, foi contratada pelo Estado através de RDC (um esquema de inserção de empresa sem licitação) e recebeu mais de R$ 1 milhão, a título de repasse de mídia, no período de março a maio deste ano. Para uma fabricante de rótulos e embalagens de Cuiabá, com nome fantasia Personalité Rótulos, que atua na produção de material promocional de candidatos políticos, por exemplo, a Secom “liquidou” R$ 899.444,00 no mesmo período. A pergunta que fica é porque se contrataria empresa desse segmento ou para que serviriam botons, adesivos e outros produtos promocionais em época pré-campanha. 
Os auditores independentes de ODOC, nesta ampla investigação, acreditam que os altíssimos valores transferidos pelo governo do Estado ao setor publicitário de Mato Grosso devem ser investigados pelo Ministério Público Estadual. “Percebe-se, a grosso modo, que dentro da Secom existe um cérebro que organiza, divide tarefas e oculta os reais beneficiários que embolsam boa parte desses recursos públicos. Isso é típico de organizações especializadas em fraudes contábeis com o único objetivo de desviar recursos do erário. Acredito que a experiência dos nossos promotores de Justiça podem clarear mais ainda os fatos aqui mencionados”, disse o nosso colaborador. 

domingo, 21 de setembro de 2014


CADELA NO CIO E ALDO COMPRANDO CONSCIÊNCIAS

 Volto a sugerir: Por que a Justiça Eleitoral não fica fora do processo em MT? Já pendeu para um lado só, de forma desavergonhada... Quanto mais leio e releio a matéria sobre o flagrante da descarada compra de votos no Posto de Locatelli, e vejo desmentidos despudorados de membros do TRE-MT, mais tenho certeza de que o OFICIAL de JUSTIÇA falta com a verdade, mente despudoradamente (sabe bem que não consequências para isto), já está no bolso de Locatelli e tenta arrumar respostas cada vez mais criativas para "INOCENTAR" Pedro Taques, Aldo, Adriana Vandoni e outros afundados até o pescoço nessa "Merda Eleitoral". Cada uma versao mais estaparfúdia que outra, sempre procurando INOCENTAR o "próximo governador de MT". Daqui há mais alguras horas vão dizer que o ADESIVOS chegaram voando até ao local e se colaram nos veículos, que as vaquinhas e frangos se ofereceram para "imolação" em sacrifício e louvor ao "São Pedro" Pantaneiro. Quanto a Adriana Vandoni, parecendo uma histérica e descontrolada cadela no cio, se julga a última bolacha do pacote, a grande dama que apavora José Riva, Lúdio, Janete, Silval Barbosa, entre outros, A mulher que todos "temem" ver deputada estadual, como se já estivesse eleita pelos "milhões" de leitores do seu blog ou bilhões de telespectadores que a assistem na TV do Sr. Aldo Locatelli, num programa do ex-senador Antero Paes de Barros ( hoje coordenador de Taques). Você sabe o nome? Já assitiu alguma vez? Já ouviu ao menos falar sobre o tal "arrasta multidão" e "congestionador de IBOPE"?
MENTIROSO, CÍNICO E SERVIL Um senador a serviço do Crime Organizado: Vergonha para o Brasil!

O senador Pedro  Taques devia se envergonhar do fato de se esconder sob sua imunidade parlamentar para impedir que a Justiça Federal investigue, com profundidade e severidade, seus abomináveis acordos  e  envolvimentos com o CRIME ORGANIZADO, comandado no Estado pelos  amigos e patrocinadores da sua eleição para o SENADO, Aldo Locatelli e Fernando Mendonça. Tirou de circulação o comendador João Arcanjo para colocar no seu lugar bandidos amigos de alta periculosidade travestidos de empresários honestos, aos quais presta grandes serviços com senador e deverá fazê - lo mais ainda como governador de MT. Tcdos os processos investigativos da PF e do MPF estão parados na Justiça Federal por falta de um aval do Senado Federal, de uma "liberação " para que sejam apurado os crimes de Formaçao de Quadrilha, Evasão de Divisas e associação ao desvio de recursos públicos (mais de R$ 1 bilhão detectados pela Operação Ararath". Além de fingir despudoradamente que não sabe nada disso, ainda tem a coragem de mentir ao povo "provando" com "reliase" e outras artimanhas de campanha a sua"inocencia absoluta". 

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Aldo, Taques e Adriana 

 Muita cara-de-pau e menosprezo à Justiça Eleitoral

 Não tem como mudar o quadro eleitoral em MT. É uma eleição de cartas marcadas, com um grupo de tubarões (denúncia feita hoje pelo deputado José Riva) manipulando Pedro Taques e já loteando o Estado segundo seus próprios interesses. A atuação da Justiça Eleitoral em MT é extremamente vergonhosa para o restante do Brasil, num "faz de conta" arrepiante, ao arrepio da lei. Melhor seria se ficasse de vez por toda ausente do processo eleitoral. 

Mais danosa ainda é a posição apática do STE, MPF e outros, vendo o absurdo preponderar, a grana vencer  de ponta a ponta a vontade popular... Cínica ao extremo, a "amante suplente" do senador Pedro Taques, a tagarela esvoaçada Adriana Vandoni, sempre posando de "Deusa da Moralidade". Mente com cara tão limpa sobre o flagra  documentado com fotos e filmes num dos postos do chefão mafioso Aldo Locatelli, que chega a convencer da sua "inocência". 

 E o Aldo então? Que bonzinho!... Para amenizar seus milhares de pecados mortais (vida de capo não é para fracos!), todo mês (há mais de 5 anos - garantiu bufão em nota à imprensa) patrocina churrascada gratuíta para para milhares de "colegas caminhoneiros" famintos, menos sortudos na vida que ele... ACREDITE SE QUISER! É muito dinheiro "investido" nessa ação beneficente, visto que em MT e noutros 12 estados da Federação possui sozinho  mais de 300 restaurantes/postos, de acordo com investigações da Polícia Federal.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

A JUSTIÇA ELEITORAL mais uma vez fechará os olhos para as ilegalidades do poderoso e imaculado Sr. Pedro Taques?

 Porque em Mato Grosso funciona para alguns poucos, com extremo rigor, mas se cala e acoberta podres de muitos CONHECIDÍSSIMOS  LADRÕES PÚBLICOS e QUADRILHEIROS MAFIOSOS? 

O CIRCO MAMBEMBE DA PALHAÇA/TRAPEZISTA  ADRIANITA


Taques garanhão esperto: COMEU FILÉ E AGORA RECUSA ROER OSSADA!
Adriana já foi uma bela moçoila, boazuda, cheia de charme, que segundo colegas das antigas deixou o valente procurador Pedro Taques de queixo caído  e de "quatro" pela formosa mulher, casada... O tempo passou, não se cuidou, não fez academia, muita "cachaça" no bucho, e o ROMANCE teve fim assim que o "baixinho charmoso" se elegeu senador  e deparou com dezenas de "MISS" a perambular por seu gabinete , em Brasília, buscando um  degrauzinho  na fama... Para Adriana restou afogar as mágoas com mais "biritas" e agurdar cumprimento das   promessas de Taques de que em 2015 será deputada estadual. com certeza absoluta!

Após ser  flagrada em um banquete ao lado do candidato ao governo Pedro Taques (PDT) num restaurante /POSTO DE GASOLINA do chefão mafioso e patrão de ambos, ALDO LOCATELLI, a economista e blogueira Adriana Vandoni (PDT), que poderá ter seu registro de candidatura cassado, usou as redes sociais para lançar sua ira contra o candidato ao governo do Estado, Lúdio Cabral (PT). No facebook, Adriana chamou Lúdio de “moleque, fantoche de tudo que há de pior na política de Mato Grosso (...), desesperado, sem personalidade, ventríloquo”. Em sua publicação, ela não desmentiu as acusações feitas por Lúdio Cabral, sobre  compra de votos que teria sido feita sob forma de banquete em um posto da Rede Locatelli, em vez disso, ela preferiu citar uma nota veiculada na imprensa. “Esse moleque desse Lúdio, fantoche de tudo que há de pior na política de Mato Grosso, que teve a sua campanha anterior financiada por dinheiro roubado, dinheiro público desviado através de esquemas de seus apoiadores, um deles recém saído da cadeia, está desesperado, pois se perder a eleição terá que fazer o que nunca fez na vida, trabalhar pra se sustentar sem ter carguinho no poder público”, criticou Vandoni.  Na manhã de hoje, Lúdio Cabral, em seu facebook, publicou que faria o pedido de cassação da candidatura dos candidatos pedetistas, Pedro Taques, que concorre ao Palácio Paiaguás, e Adriana Vandoni, que disputa a Assembleia Legislativa, afirmando que ambos teriam cometido abuso de poder econômico e compra de votos. A publicação é seguida de fotos onde aparecem banners dos dois candidatos e pessoas reunidas ao que se assemelha a um banquete. De acordo com a afirmação, o  evento foi realizado em um dos postos Locatelli. O evento aconteceu na noite de ontem (17) com a participação de 200 pessoas. 

Aos ladrões de dinheiro público, MENTIROSOS INCURÁVEIS, manipuladores da massa popular e quadrilheiros em geral!





Ely Santantonio

Tenho 58 anos, mato-grossense de Diamantino, mais de 40 como jornalista (sem ser formado) e faço oposição radical a governadores ladrões desde a década de 70. Os registros estão nos arquivos públicos, nas bibliotecas.

Meu jornal DIÁRIO DO POVO, criado no inicio de 2002, tem 8 páginas em formato STANDER como muitos outros no Estado. Mesmo se fosse uma única página. pelo tempo de existência, pela sua trajetória no Estado, não merece ser chamado de PANFLETO. 

É o mesmo que em 2008 mostrou a face "angelical" do  hoje prefeito LADRÃO INSACIÁVEL e CÍNICO DESCARADO  Mauro Mendes e as "taradices" (PAPA ANJO) do ex-prefeito Murilo Domingos. Casa, sede do jornal e outros locais foram invadidos por agentes da PF, cumprindo mandatos de juízes canalhas e a serviço do CRIME ORGANIZADO.

A mesma PF que, aparentemente a serviço do Sr. Mentiroso, Covarde, Cara-de-Pau, Quadrilheiro  e Marginal PEDRO TAQUES, já está buscando nas ruas da Capital por ELY SANTANTÔNIO e seu panfleto...

Com o jornal "Liberal" denunciei desmandos nos governos LARAPIENTOS e DESTRIDORES DE PATRIMÔNIO PÚBLICO  de Jayme Campos, Dante de Oliveira, Blairo Maggi, entre outros. Com o DIÁRIO DO POVO desmistifiquei a figura boazinha e honesta do ex-prefeito Wilson Santos e tenho mostrado o LADO PODRE da gestão Silval Barbosa.

Não sou diferente de nenhum deles. Provavelmente até mais CANALHA que todos. Só que assumo meus defeitos... Diferente da biscateira  colunista e candidata a deputada ADRIANA VANDONI, apontada por muitos colegas como amante de Pedro Taques (Só levou "rodo" por estar MAL ACABADA), flagrada bancando almoço e jantar a eleitores com CORTESIAS do chefão MAFIOSO Aldo Locatelli, num dos seus 300 restaurantes  espalhados em Cuiabá e noutros estados. E ainda jura inocência!!!




segunda-feira, 15 de setembro de 2014


Midas Mato-grossense 


 Atividades de mineração estão consumindo boa parte do tempo do governador Barbosa. Apenas numa região do Estado, com "plantas" operando em regime de 24 horas em Livramento, em 3 propriedades das quais detem também o solo, Silval mostra as facilidades de que dispõe na área, "lavando", lavando, lavando.... Vizinhos dos empreendimentos destacam que as fazendas onde as atividades são desenvolvidas estão documentadas em nome do irmão, Toninho Barbosa, braço direito do governador do Grupo Barbosão, ao lado do herdeiro Rodrigo Barbosa.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Midas Mato-grossense 


 Atividades de mineração estão consumindo boa parte do tempo do governador Barbosa. Apenas numa região do Estado, com "plantas" operando em regime de 24 horas em Livramento, em 3 propriedades das quais detem também o solo, Silval mostra as facilidades de que dispõe na área, "lavando", lavando, lavando.... Vizinhos dos empreendimentos destacam que as fazendas onde as atividades são desenvolvidas estão documentadas em nome do irmão, Toninho Barbosa, braço direito do governador do Grupo Barbosão, ao lado do herdeiro Rodrigo Barbosa.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

DURO DE VER E AGUENTAR: SÓ TRAMBIQUES E NHAPAÇÃO NO GOVERNO SILVAL BARBOSA!
--------------------
 TCE manda Estado suspender pagamentos a empresas que executam obras do MT Integrado 

 O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE) determinou que a Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (Septu) suspenda todos os pagamentos referentes a 14 editais do Programa MT Integrado. O conselheiro do TCE, Sérgio Ricardo, que assinou a determinação em caráter de medida cautelar, alegou que a determinação ocorreu porque a Septu descumpriu Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) assinado com o Tribunal em abril de 2013. “As obras e serviços estão em andamento, tendo em vista que a continuidade da execução contratual, sem a correção das irregularidades apuradas, podem causar prejuízos irreversíveis ou de difícil reparação ao erário estadual”, diz conselheiro. Ainda na cautelar, Sérgio Ricardo determinou que a Secretaria de Transporte e Pavimentação do Estado encaminhe ao TCE, no prazo máximo de 15 dias, cópia da minuta do edital padrão de licitação, bem como da análise da Auditoria Geral do Estado sobre o mesmo, quando da elaboração, contratação, recebimento ou aprovação de projetos básicos. 

O conselheiro determinou também que a Secretaria promova a adequação dos preços unitários do fornecimento ou aquisição de material betuminoso do contrato 036/2014, bem como de eventuais contratos cujos preços estejam considerando-se para tanto a data base do orçamento da administração; abster de praticar preços unitários superiores aos custos unitários dos serviços constantes nas tabelas referenciais acrescidos do BDI de 26,7% (TAG), ressalvadas superveniências de alterações legislativas ou justificativas técnicas devidamente formalizada nos autos do processo licitatório. Além disso, Sérgio Ricardo determinou que a pasta inclua no fluxo dos processos de contratação de obras a remessa dos processos ao setor responsável pelo lançamento das informações na internet, de maneira a garantir que todos os documentos estejam disponíveis aos interessados na data indicada no aviso de licitação. O Tribunal de Contas destacou que na época da assinatura do TAG pela Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana, em março de 2013, a pasta assumiu o compromisso de aplicar todas as recomendações nos novos editais de obras a serem lançados no Programa MT Integrado, e a uniformizar os modelos de editais, independentemente da fonte dos recursos para as obras. Estimava-se que o cumprimento das determinações do TAG haveria redução de aproximadamente R$ 49,2 milhões no custo final das obras contidas nos 14 editais, cujo valor total previsto inicialmente era de cerca de 573,5 milhões de reais.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Riva amedrontado... encurralado, Muvuca "no bolso" e Lúdio "engabelado"
O RESULTADO NAS URNAS JÁ ESTÁ DEFINIDO!
"São" Pedro Taques, o próximo e "santificado" governador de Mato Grosso!




ELY SANTANTONIO

São Pedro, o verdadeiro, foi crucificado de cabeça para baixo  e morreu pobre a serviço de Deus. "São Pedro" mato-grossense, encarnado pelo camaleônico senador Pedro Taques (PDT), é apontado como homem rico e, segundo denúncias passadas do também candidato a governador José Marcondes Muvuca,  a serviço de mafiosos que seguem a "doutrina" do Capeta, dentre eles o chefão da Máfia de Combustíveis  e Agiotas em MT e no País, o bilionário  Aldo Locatelli .

Muito se esperava de Muvuca para desfazer a imagem de "Homem Santo", probo e corajoso defensor dos ideais populares, que venceu  as eleições para o Senado em 2010 "jurando" cumprir os oito anos de mandato (tal como fez Wilson Santos ao se eleger prefeito de Cuiabá e depois saindo candidato a governador no meio do mandato!) e condenando os candidatos adversários (os de ponta nas pesquisas em 2010, como o eleito senador Blairo Maggi) que não compareciam aos debates televisivos: "Tratam o povo como se fosse GADO!" -  berrou na época, fazendo o contrário agora em 2014, sem se preocupar com a memória do eleitorado ou se sentir constrangido por ser um grande  MENTIROSO.

Tentando passar a imagem de bom moço (não que não seja!) Muvuca esqueceu Pedro Taques (ou será a força da grana do CAPO Aldo Locatelli - grande investidor na carreira política do senador - servindo de "tapa boca"?) ou, quando muito, cita alguns defeitinhos sem pronunciar seu nome.  Logo ele, o corajoso Muvuca, que fez Taques bater recordes de velocidade (em fuga desesperada, chegando a pedir proteção de agentes da PF no recinto!) ao topar com o "perigosíssimo" jornalista nos corredores do Senado, em Brasília, em março de 2013... Fato que foi retratado com surpresa e bastante humor pela imprensa nacional.

 Pedro que na TV, no programa eleitoral, se mostra como o intrépido "herói" que colocou o comendador João Arcanjo Ribeiro na cadeia, acabando com o Jogo do Bicho em Mato Grosso. Sem dúvidas um "grande feito", responsável direto pelo desemprego de dezenas de milhares de pais de família que ganhavam o sustento trabalhando como registradores das apostas diárias, não diferentes das feitas pelas loterias da Caixa ou até mesmo pelo MT Cap que hoje prolifera em MT.

Parece tudo combinado para que "São"  Pedro taques se eleja o próximo governador de Mato Grosso. Está em primeiro nas pesquisas, e quanto a isso só pairam dúvidas na interior do Estado, onde  José Riva (PSD) é muito forte. Mas o próprio Riva, com campanha engessada pelas artimanhas jurídicas montadas por Pedro e a capacitada equipe que o apoia, se mostra temeroso em mostrar a verdadeira face do adversário, sem que isto resulte em novas ações no TRE-MT, onde já foi condenado, enforcado, esquartejado e o assim o será sempre que "ressuscitar".

Com Muvuca "numa boa", Riva encurralado e amedrontado, Lúdio tentando passar a imagem de político realizador  de obras (promete na TV concluir o desacreditado e repleto de trambiques milionários MT INTEGRADO), quando só sabe mesmo é aviar receitas e cativar moçoilas entusiasmadas com sua fina estampa de belo mauricinho. sempre sorridente e ao dispor...

 Faz bem o candidato petista em esconder Silval Barbosa nos seus comícios e programas eleitorais, pois também o governador de MT, por conta de acertos já feitos com Pedro Taques, investe pesado (via amigos e "testas" empresários) na campanha do pedetista, que já se comprometeu (e com o Grupo Barbosão quem trai acordos acaba "suicidado" com punhaladas na língua ou tiros na boca) a jogar toda sujeira do governo Silval pra baixo do tapete. O acordado foi: "BATA AGORA, PARA SE ELEGER, EMPURRE COM A BARRIGA SE ELEITO FOR!" 


ROUBALHEIRA ESCANCARADA E IMPUNE NO GOVERNO BARBOSA!
 Silval manda mais R$ 9 milhões para o "escoadouro" da Secopa 

 Apesar das obras de qualidade duvidosa, para dizer o mínimo, a Secopa continua a drenar dinheiro dos cofres públicos. Nesta semana, o governador Silval Barbosa (PMDB) abriu mais um crédito suplementar, no valor de R$ 9,1 milhões, para a famigerada secretaria responsável pelas obras da Copa do Pantanal. (MídiaNews)
RECURSO DE RIVA EM BRASÍLIA
 Ministro requer informações do TRE/MT 

 O ministro do Tribunal Superior Eleitoral, João Otávio de Noronha, relator do recurso do candidato ao governo do Estado, José Geraldo Riva (PSD), que tenta reaver registro de candidatura, requereu, por e-mail, informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT), para saber se a peça recursal foi protocolada tempestivamente. Riva teve o registro indeferido por unanimidade pelo pleno do TRE/MT, em 07 de agosto. No entanto, conforme andamento processual, o recurso foi protocolado fora do prazo recursal, que seria de três dias. A defesa de Riva, alegou que o sistema do TRE estava indisponível em 10 de agosto, o que teria impossibilitado protocolar o recurso. Diante das alegações da defesa, o ministro relator pediu ontem (03.09), para que a Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE/MT informe, com urgência, se no dia 10 de agosto o sistema de peticionamento eletrônico da Corte ficou indisponível durante algum período. A expectativa é que o recurso seja julgado na sessão do TSE da próxima terça-feira (09.09).
NHAPANDO DINHEIRO DO POVO SEM PUNIÇÃO!
ROUBALHEIRAS NA SECOM, SECOPA - GOVERNO SILVAL BARBOSA
 Justiça manda Estado cancelar licitação que contratou agências de publicidade por R$ 25 milhões para divulgar Copa, e investigar dispensa de licitação da Secom



 por Lucione Nazareth / VG Notícias: 04/09/2014 O Tribunal de Justiça do Estado (TJ/MT) determinou o cancelamento do processo licitatório que resultou na contratação de quatro agências de publicidade, pelo valor de R$ 25 milhões. As agências foram contratadas na época para a divulgação da Copa do Mundo em Mato Grosso. As empresas contratadas foram a Tis Publicidade e Propaganda Ltda, Company Comunicação Ltda, Época Propaganda Ltda e DMD Associados Assessoria e Propaganda Ltda. A ação que resultou no cancelamento do certame foi interposta pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de Mato Grosso (Sinapro-MT). A categoria ingressou no ano passado com um mandado de segurança, com pedido de liminar, denunciando várias irregularidades, entre elas, vício de concepção do certame. No pedido o Sindicato questionou ainda a modalidade de contratação – Regime Diferenciado de Contratações (RDC). Outro ponto questionado pela categoria é que em maio de 2013 a desembargadora Maria Erotides, já havia determinado a suspensão da licitação na modalidade RDC. 

Na decisão do TJ, que resultou no cancelamento do certame, a desembargadora Maria Erotides, relatora do processo, disse que o processo licitatório escolhido o RDC, não é o apropriado para o tipo de serviço que deveria ser prestado na época. “Posiciono-me no sentido de que é incabível a utilização do Regime Diferenciado de Contratação para Agências de Publicidade e Propaganda, ainda que para a Copa do Mundo Fifa/2014, tendo em vista, inclusive,tratar-se de evento esperado e amplamente divulgado antecipadamente”, diz a magistrada em sua decisão. Além do cancelamento do certame, a magistrada determinou que o Ministério Público do Estado (MPE) investigue a contratação, por meio de dispensa de licitação, das mesmas agências de publicidade pela Secretaria de Comunicação do Estado (Secom). As agências foram contratadas pela Secom por mais de R$ 12 milhões para divulgar as potencialidades do Estado em busca de atrair turistas para a Copa do Mundo.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

APAVORANTE! 
Mulher morre no Pará ao trocar lâmpada e cair sobre vaso sanitário quebrado 


 Na tarde do  ultimo domingo (31), Leda Maria, 31, morreu após cair sobre o vaso sanitário em Marabá (567 km da Capital Pará). Segundo informações, ela subiu em cima do vaso para tentar trocar uma lâmpada do banheiro, como vasos sanitários são feitos de louça e não suportam peso excessivo, ele quebrou e fez com que caísse sobre o mesmo, sofrendo um grande corte nas costas. Ela não resistiu aos ferimentos e faleceu. Segundo informações, uma criança de 6 anos, filha da vítima, presenciou toda a cena apavorante. Seus gritos alertaram vizinhos da casa, que nada puderam fazer para estancar a forte hemorragia. Quando o socorro médico chegou já estava morta, na cozinha.
NO RIO GRANDE DO NORTE
 Irmão mata irmão com 20 facadas por causa de mulher 



Um crime de homicídio foi registrado na tarde de terça feira, 02 setembro 2014. O crime ocorreu na rua Estudante Odilon Rodrigues no Bairro Liberdade 1 em Mossoró (RN). De acordo com informações a vítima é Francinaldo Alisson da Silva, 23 anos. Alison teria se envolvido em uma discussão com um irmão que desferiu 20 facadas em seu corpo. Uma ambulância ALFA do SAMU foi acionada mais quando chegou ao local a vítima já estava em óbito. Segundo informações de populares que se encontravam no local após a ação criminosa o irmão da vítima saiu transtornado do local dizendo "Eu matei meu irmão". Em seguida teria feito contato com os parentes. Caçado pela PM, o assassino acabou preso no mesmo dia do crime. Ao ser preso, Francisco Silva, 28 anos, confessou que a motivação da ação criminosa foi por causa de uma discussão que se deu inicio quando o seu irmão Francinaldo estava lhe acusando de ter um caso amoroso com sua ex-mulher. (Passando na Hora)
EM MATO GROSSO 
Estudante  executado a tiros pelo ex-marido da namorada



O jovem de 24 anos, André Luiz Capioto Esteves foi morto a tiros pelo ex-companheiro de sua atual namorada, em um residencial no bairro Poção, em Cuiabá. O crime com motivação passional ocorreu por volta das 20h30. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) identificou o ex-marido como Caio Henrique Neves Arruda, de 29 anos. A vítima estava na casa da garota Amanda Moreira dos Santos, de 20 anos, quando o criminoso chegou e realizou os disparos na cabeça e costas. O ex-marido foi até o apartamento usando uma moto CB-600 e teve uma discussão com a vítima, que estava sentada em uma cadeira de fios na varanda do apartamento, e o rapaz não teve chances de reagir. O autor dos disparos fugiu do local e a testemunha do crime chegou a acionou uma unidade do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) que foi ao local, mas constatou o óbito do rapaz.  Segundo as informações, a mãe do estudante é uma policial civil que, no momento do crime, estava de plantão no Ciosp. Ela ligou para o policial de plantão para saber o nome da vítima e entrou em estado de choque, ao saber que se tratava de seu único filho. Conforme a garota, pivô do crime, Caio não aceitaria a separação e teria ficado irritado ao descobrir que ela tinha um namorado. Ele teria descoberto que o rapaz estaria no apartamento dela naquele horário, e teria premeditado o crime. Policiais militares que atenderam a ocorrência fizeram buscas nas proximidades. Eles já tinham a marca e modelo da motocicleta usado pelo suspeito, mas não obtiveram êxito. Os policiais acreditam que a prisão do suspeito é uma questão de horas.
NA BAHIA
 Empresária morta a facadas pelo próprio tio  


Sílvia (à esquerda) ficou ferida e Luciana foi morta pelo tio


Uma empresária de 34 anos foi morta na noite desta segunda-feira, 1º, em Villas do Atlântico, no município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. De acordo com a Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Stelecom), Luciana Augusta Teixeira Lustosa Machado estava na Praia do Arpoador, por volta de 21h, quando foi esfaqueada pelo próprio tio, Marco Antônio Teixeira Costa, em várias partes do corpo. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A irmã de Luciana, Sílvia Augusta Teixeira Lustosa, também foi ferida pelo acusado. Ao tentar defendê-la, o marido de Sílvia golpeou o tio com uma cadeira de alumínio. Inicialmente, os dois foram socorridos para o Hospital Menandro de Faria. Segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Marco Antônio está em estado grave e aguarda transferência para um hospital particular. Já Sílvia foi transferida para o Hospital São Rafael, mas seu estado de saúde não foi informado. A polícia ainda não sabe o que motivou o crime, que será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo de Luciana foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

domingo, 31 de agosto de 2014

NA PARAÍBA
 Matadores invadem casa e executam Josildo dormindo


 Ainda é um mistério para a polícia o assassinato de um homem identificado por Josildo da Silva Santos, 36 anos de idade. Ele foi executado a tiros na madrugada deste sábado (30) no município de Lucena, Litoral Norte do Estado. De acordo com a polícia, por volta das 3 horas da madrugada, Josildo da Silva estava dentro de casa na comunidade Gameleira, na companhia de outro homem identificado por Oswaldo Ferreira quando o imóvel foi invadido por desconhecidos. Os acusados mandaram Oswaldo Ferreira correr e logo em seguida efetuaram cinco disparos na cabeça de Josildo da Silva que morreu em cima da cama. Os moradores escutaram os disparos e acionaram a Polícia Militar que iniciou as investigações e buscas, mas até agora são desconhecidos os autores e os motivos do assassinato. Durante as investigações, a polícia tomou conhecimento de que Josildo da Silva residia no conjunto Renascer em Cabedelo e há cerca de dois anos passou a morar com Oswaldo Ferreira. (Paraiba.com)